FRASE

“Afirmo que iniciei a minha aprendizagem sociológica aos seis anos, quando precisei ganhar a vida como se fosse um adulto e penetrei, pelas vias da experiência concreta, no conhecimento do que é a convivência humana e a sociedade.”

Florestan Fernandes



Escrito por Jenner Regniero às 11h55
[] [envie esta mensagem] []



HISTÓRIA

Sociólogo Florestan Fernades sobre o Liberalismo:

 

JMC - Falando em liberalismo: o senhor acha possível e defensável uma posição liberal no país, atualmente?

Florestan Fernandes -
Bem, há muito tempo que sou conhecido como um crítico do liberalismo. E no Brasil nós nunca tivemos liberalismo. Porque sua época áurea coincide com a da Independência. Por ser o Brasil uma sociedade escravista, coloca-se o problema; como conciliar o liberalismo com a escravidão? Posteriormente, a escravidão desaparece mas mantém-se a democracia restrita quer dizer, de uma minoria. Isso, na verdade, significa uma ditadura, já que essa minoria decide em nome do resto da população - quer exista eleição, quer não, quer exista representativo de poder, quer não. Na prática, ela opera como uma oligarquia e representa em si uma violência. Logo, esse liberalismo é um falso liberalismo porque define e defende a tomada de decisão para as pessoas tidas como cultas ou em condições de decidir em nome dos outros, enquanto a maioria é considerada inepta e incapaz por diferentes motivos. Apenas esses poucos têm o condão de saber o que se deve fazer. Para alívio da consciência popular, no Brasil todos os erros que redundaram em graves crises para a Nação foram consequêcia das decisões dessas minorias, muitas delas se julgando esclarecidas e agindo em nome do liberalismo.

 

Fonte: http://www.espacoacademico.com.br/052/52ffernandes3.htm



Escrito por Jenner Regniero às 11h49
[] [envie esta mensagem] []



HUMOR

Isso é gostar de futebol...

 



Escrito por Jenner Regniero às 11h28
[] [envie esta mensagem] []



MÚSICA

A felicidade
 
 
Antonio Carlos Jobim e
Vinicius de Moraes
1959

 

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranquila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor

A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
Pra tudo se acabar na quarta feira

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar

A minha felicidade está sonhando
Nos olhos da minha namorada
É como esta noite
Passando, passando
Em busca da madrugada
Falem baixo, por favor
Prá que ela acorde alegre como o dia
Oferecendo beijos de amor

Tristeza não tem fim
Felicidade sim



Escrito por Jenner Regniero às 11h25
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, VITORIA, JARDIM CAMBURI, Homem, de 26 a 35 anos, Arte e cultura, Livros, informação; entreterimento; diversão;


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
ALEX